Arquivo da Categoria: Uncategorized

A vida de um advogado

Tão doce quanto as audiências…

 

O dia a dia de um advogado começa cedo, pois tem audiências, prazos, trânsito, roupa apertada, gravata apertada, sapato apertado. E, quase sempre o café é tomado rapidinho e aí a correria começa. Muitas coisas para fazer que vão desde as audiências até as reuniões com clientes, preparar algumas defesas, alguns recursos, chamar o técnico para consertar a impressora, tirar dúvidas com o contador, contratar nova secretária e por aí vai. O dia a dia desses profissionais começa e termina de cabeça cheia e eles vão se acostumando com isso. 

Muitos dos clientes atendidos são realmente insanos. Gritam, enviam muitos e-mails por dia, ligam em feriados, domingos e ainda acusam de não estarem recebendo a devida importância ao caso deles. Mesmo que se tenha um acompanhamento diário do processo deles.

E por mais incrível que pareça muitos clientes simplesmente não pagam os honorários. Honorários esses que seriam responsáveis pelos pagamentos de livros, estagiários, aluguel.

Muito estudo

Mesmo depois dos cinco anos de estudo se faz necessário cursar pós-graduação, participar de palestras, seminários ou fazer mestrado. As atualizações são constantes é preciso estar sempre se atualizando.

Muitas pessoas admiram os jogadores de futebol por exemplo, acreditam que ele é um talento, admiram artistas porque tem o dom, os médicos bem-conceituados pelos estudos. Mas quando se fala de advogados, geralmente se ele está ganhando bem tem quem acredita que há algo de errado, um certo preconceito, não parecendo ser por talento, dom ou pelos estudos.

É verdade, existem muitos profissionais desonestos, como em todas as profissões, mas não é regra é exceção.

Existem muitos advogados que realmente ficam ricos. O que eles fazem para conseguir isso? Estudam muito, trabalham durante as madrugadas e sacrificam outros projetos. Muitos advogados também acabam ficando sem dinheiro, seja por parcerias erradas, equívocos na administração e até mesmo azar. Mas por trabalhar pouco é difícil, porque simplesmente não existe trabalhar pouco e ser advogado.

No dia 11 de agosto comemora-se o dia do advogado. Uma profissão cheia de qualidades atribuídas. A grande maioria das pessoas não conhece a verdade do dia a dia desses profissionais. Que trabalham muito, estudam muito, geralmente dormem pouco, geralmente tem muitas preocupações, que muitas vezes ouvem muitas piadinhas, grosserias e acabam fingindo que não ligam que não escutaram e seguem em frente.

O que se espera no dia dos advogados é respeito, pelos que trabalham honestamente, pelos que estudaram e continuam estudando muito e carregam suas carteirinhas com imenso orgulho pelo trabalho que desempenham. Pelos que tem orgulho de sua trajetória de muito estudo, empenho e honestidade.

Profissionais essenciais

Por esse profissional que trabalha não só pela sua própria sobrevivência, mas principalmente pelo direito alheio. São profissionais essenciais à justiça, ainda que muitos os vejam como inimigos. Sempre trabalhando com prazos e vencendo os prazos, trabalhando para que a justiça seja feita.

Para você que está pensando em entrar para essa carreira se prepare é uma vida de estudos constantes como também de cobranças constantes. Mas quando se consegue o êxito por estudo, trabalho, dedicação e honestidade pouco importa o julgamento de quem mal conhece o trabalho desses incríveis profissionais.

Principais área de atuação dos advogados

 

Áreas de atuação de um advogado:

Para quem quer cursar o curso de direito note que existem muitas ramificações e setores que pode-se trabalhar, tanto em ciências humanas ou sociais aplicadas. Depois dos cinco anos de graduação o aluno escolhe qual a área que vai seguir cursando uma especialização. Formado e pós-graduado ele pode optar por trabalhar nas áreas pública ou privada.

Mesmo tendo ciência de que muitos cursam toda a faculdade e não só na área de direito e depois acabam seguindo profissões totalmente distintas como é o caso de como fazer doces finos.

Isso vem de encontro ao que sabemos sobre trabalhar com o que se gosta e com o que te faz feliz! Mas agora vamos conhecer as principais áreas que um advogado pode trabalhar!!

Direito Civil:

Nessa área representa-se importâncias individuais em ações que dizem respeito a particularidade de posse de bens, como também em questões familiares, como adoção, divórcio e hierarquia.

Direito Comercial ou empresarial:

Aqui protege-se os empresários em relação aos seus interesses comerciais, como concorrência, patente, marca, processos de recuperação de empresas e falência. Em empresas privadas esse profissional pode atuar desenvolvendo civilidade preventiva de combate à corrupção.

Direito do Consumidor:

Aqui defende-se os consumidores no que diz respeito ao código de defesa do consumidor em relação aos fornecedores de bens e serviços. Vale lembrar que nessa área os advogados também auxiliam os fornecedores.

Direito da Tecnologia da Informação:

Essa é uma das novas carreiras que o advogado pode seguir, pois a esse profissional caberá analisar questões jurídicas que dizem respeito ao uso da informática, seus usuários, fornecedores, provedores de internet, lojas virtuais, etc. Com o uso cada vez mais acirrado da internet esse profissional com certeza será muito desejado.

Direito Tributário:

Nessa área cuida-se de tudo que diz respeito a impostos, taxas, obrigações tributárias, responsabilidade dos órgãos fiscalizadores e defesa de contribuintes.

Direito Administrativo:

Aqui atua-se nas relações que envolvem cidadãos, órgãos públicos e a sociedade. Essa é uma área bastante explorada por procuradores municipais, estaduais e federais.

Direito Trabalhista:

Essa é uma das áreas do direito mais movimentadas no Brasil. Nessa área o advogado defende pessoas ou empresas em disputas entre empregado e empregador e também em questões sindicais. Atualmente as empresas buscam muito o advogado trabalhista para sanar dúvidas em relações as decisões a serem tomadas.

Direito Previdenciário:

Nessa área o advogado defende os segurados da previdência social, garantindo seus direitos, como aposentadoria, pensões e auxílio doença. As empresas também procuram muito os advogados especialistas nessa área a fim de sanar dúvidas em relação a tomada de decisões.

Direito Penal ou Criminal:

Aqui o advogado defende a vítima do crime ou o acusado e ainda contravenções contra pessoas físicas e jurídicas.

Mediação, Conciliação e Arbitragem:

Nesta área o especialista procura resolver os conflitos de forma pacífica e social, procurando desconstruir a cultura da litigiosidade, enfrentamento e confronto.

Deve-se ressaltar que o profissional formado em direito, pode optar por seguir carreiras públicas, como a magistratura, o ministério público e as procuradorias. Todas essas funções exigem um determinado período de tempo dedicado à prática jurídica, esse é um requisito fundamental para assumir o cargo.

Na área pública o profissional é aprovado em concurso público, após pode atuar nas esferas municipais, estaduais ou da União, chefiando investigações, acompanhando e fazendo intermediações de julgamentos de ações e processos.

As quatro áreas são:

Advocacia Pública:

O profissional dessa área defende cidadãos que não podem pagar as custas de um processo judicial.

Delegacia de Polícia:

Nesse caso atuando como delegado, laborando inquéritos policiais, chefiando investigações e emitindo documentos públicos.

Magistratura:

Atuando como juiz julgando processos e expedindo mandados de prisão. O magistrado pode ser federal ou estadual. Na esfera federal julgando interesses da União que envolvam tributos federais e da previdência social. Na esfera estadual, julgando conflitos entre pessoas físicas e jurídicas, questões de família e tributos estaduais e municipais.

Ministério Público:

Nesse caso como promotor de justiça, defendendo os interesses da sociedade perante o magistrado, promovendo ações penais, apurando responsabilidades e fiscalizando o cumprimento das leis. Esse profissional, representa também os interesses dos deficientes, os direitos das crianças, adolescentes, direitos do consumidor e meio ambiente.

O curso de direito é para pessoas que gostam muito de leitura e tem disposição e ânimo para os desafios que com certeza vão encontrar na graduação e na vida profissional.

Quais são as atribuições de um advogado criminalista?

O que faz um advogado criminalista e como é o seu dia a dia?

Muitas pessoas se formam em direito,  cursam especializações e acabam seguindo por carreiras completamente opostas, como é o exemplo dos que seguem carreiras em nichos de mercado totalmente diferentes. E acabam se especializando em áreas como a confeitaria por exemplo. Clique aqui para saber mais.

Contudo, se você está pensando em cursar direito e quer ser um advogado criminalista leia esse post até o final que iremos relatar quais são as funções de um advogado criminalista e como é o seu dia a dia.

Primeiramente, o que é preciso para se tornar um advogado penal?

Muitos alunos quando ingressam na faculdade de direito, vão logo pensando em cursarem uma especialização na área criminalista por gostarem de investigações.  Porém antes de escolher a carreira mais adequada ao seu perfil é necessário saber com exatidão como será o dia a dia de um profissional dessa área não é mesmo?!

Existe um termo jurídico que é garantido pela legislação que diz que deve-se dar direito a ampla defesa e isso muitas vezes terá que ser feito. Isso quer dizer que, mesmo que exista a comprovação de que alguém cometeu um crime, essa pessoa tem o direito de pedir que um advogado a defenda. Para isso, são utilizadas técnicas para que haja uma forma jurídica imparcial, isso para todos os casos. Exigindo assim, muito conhecimento do advogado.

Dispondo dessa informação desde o princípio, o estudante deve ter seu estudo sempre ininterrupto, sem contar que deve-se conhecer até algumas definições de psicologia, para conseguir entender a mente do seu cliente e conseguir chegar a verdade de diversas formas.

Os conteúdos que o advogado criminalista deve dominar

Primeiramente o curso de direito dura cinco anos, o aluno deve cursar todo esse período e depois cursar uma especialização que tem duração em torno de dois anos a dois anos e meio.

O direito penal é um composto de leis que apresentam o que são os crimes. Dentro desse composto existe uma divisão que é a do direito penal comum que são aplicadas a todas as pessoas. E, existe o direito penal especial, que se refere aos crimes em áreas específicas, como nas áreas militares ou eleitorais.

São muitas as oportunidades nessa área, e é preciso ter conhecimento de vários assuntos como preconceito, crimes digitais, ambientais, terrorismo, entre outros.

Quais as diferenças entre direito penal e direito processual penal?

O direito penal aponta o que é certo ou errado e no processo penal constam informações de como esse indivíduo deve ser julgado, para que se tenha um processo imparcial e íntegro.

Confira no vídeo a explicação do professor:

Diferença entre direito penal e direito processual penal.

Como é a carreira no Direito Penal?

Existem formas diferentes de se atuar como advogado criminalista. Uma delas é fazendo a defesa das vítimas de crimes e a outra é defendendo quem cometeu o crime.

Em qualquer uma das atuações o advogado trabalha para garantir que a justiça seja feita e sempre que comprovado um crime, deve-se trabalhar para que a pena não ultrapasse os limites da lei a quem deve ser punido.

E, quando se é provado a não existência do crime, o advogado deve clarear os fatos para que o acusado seja absolvido.

Como é o cotidiano de um advogado criminalista?

Os horários de trabalho geralmente são irregulares, pois torna-se necessário fazer visitas a delegacias e penitenciárias.

O trabalho burocrático é bastante intenso, sendo necessário redigir petições, conciliando o tempo com o comparecimento aos julgamentos e em alguns casos convencer o júri de suas teses.

Para quem gosta dessa área do direito é justamente esse conjunto de fatores que é apaixonante. Também é preciso saber lidar com imprevistos e sempre conseguir soluções viáveis aos seus clientes.

Sobretudo vale lembrar que para qualquer carreira que você escolha seguir, não deve-se levar em consideração somente a questão financeira ou o status que a profissão oferece, pois atualmente vemos muitas pessoas em diversas carreiras trabalhando infelizes. Talvez por terem seguido o que outras pessoas “aconselharam” e não terem dado ouvido aos seus dons. Portanto se cabe um conselho é: siga sempre o que o seu eu interior fala e você sempre saberá qual o melhor caminho a seguir.

Sucesso!!

Habilidades desenvolvidas durante a faculdade de direito

Os benefícios que o aluno tem em optar pela faculdade de direito são muitas, pois o graduado pode exercer ou escolher por exercer muitas funções diferentes. Esse é um dos diferenciais do curso de direito, pois muitos outros cursos não têm tantas opções para oferecer ao graduado.

Após a conclusão do bacharelado em ciências jurídicas pode-se escolher dentre algumas carreiras como: advogado no setor privado, advogado no setor público, juiz de direito, professor, delegado, procurador da união, estado ou município, defensor público, promotor de justiça, diplomata ou investigador.

As habilidades desenvolvidas no decorrer da graduação são:

Desenvolvimento do discernimento jurídico:

Os alunos recebem orientações sobre como qualificar os fatos da vida confrontando-os com a legislação. No que diz respeito as regras morais, o aluno conhece a importância sobre analisar a justiça social e a ver a sociedade de forma individualizada.

Crescimento da habilidade de compreensão

Os estudantes conhecem a indispensabilidade do questionamento das circunstâncias e decisões de leis, também é necessário estar em constante atualização para garantir seu trabalho da melhor forma.

Compreensão e produção de textos

Todos os alunos são orientados quanto a forma correta de ler, entender e expor as leis. Também sobre como criar textos que fiquem de acordo com os documentos constitucionais.

Desenvoltura para resoluções de problemas

Com o conhecimento que o aluno adquire durante a graduação ele ganha desenvoltura em relação aos problemas da vida, pessoais, sociais e individuais, conseguindo assim resolvê-los de forma prática.

Competência para o trabalho individual e em grupo

Depois de graduado o aluno pode atuar sozinho ou em parceria com outros profissionais. Os mestres incentivam os trabalhos em grupo e as discussões sobre os temas controversos, isso ajudará o aluno, no futuro a conseguir atender uma ou mais pessoas nos mais diversos meios.

Aumento do discernimento

Os alunos são instigados a analisar as pessoas de modo diferenciado, despertando assim uma nova percepção no que diz respeito aos problemas recorrentes, da uniformidade, do tempo e do meio que participam. Essa instigação os auxilia nos desfechos e deliberações.

Atualização constante

O profissional de direito precisa estar em constante atualização, pois as leis são atualizadas com certa frequência, além do mais os profissionais precisam estar sempre atentos também aos problemas sociais, avaliando questões das esferas políticas e econômicas.

Versatilidade

Os acadêmicos são instruídos quanto a importância de serem pessoas com certo grau de flexibilidade, aprendendo a ouvir como também ter respeito com as opiniões alheias e diferentes da sua. O profissional da área de direito precisa ser capaz de se comunicar sem desrespeitar as pessoas que tem opinião contrária, colocando sempre de forma refinada suas opiniões. Sempre ciente de que atenderá pessoas e a maioria delas talvez sem conhecimento nenhum sobre leis

O curso de direito é um excelente caminho para o tão almejado sucesso na carreira de trabalho. As possibilidades de áreas para se atuar como já dissemos são muitas, o graduado pode escolher a área que tem mais afinidade para trabalhar e se esforçar para isso.

As competências desenvolvidas são muitas e isso ajudará o aluno a se identificar com a área que tem maior aptidão para trabalhar, pois não se tratam de simples técnicas e sim de valores e aprendizados que podem mudar a maneira do aluno ver o mundo.

Será que a faculdade de direito é a certa para você?

Você ainda está em dúvida se a faculdade de direito é para você?

Você pretende prestar vestibular e ainda não sabe direito qual curso escolher? Saiba que essa dúvida é normal e paira sobre a cabeça de muitos ou da maioria dos vestibulandos, pois é a partir da graduação que você define sua carreira profissional. E, mesmo tendo certeza da escolha muitas pessoas cursam a graduação e depois acabam trabalhando em áreas inimagináveis após. Como temos exemplos de graduados que trabalham com doces finos. Saiba mais.

O curso de direito proporciona ampla área de atuação tanto em ciências humanas ou sociais. Após ser graduado pode-se escolher pela atuação pública ou privada.

faculdade-de direito

Mas, quais as disciplinas que você tinha aptidão até então?

Essa é uma resposta importante para o início dessa avaliação! Pois, se você tinha mais gosto por disciplinas relacionadas as ciências humanas, é um sinal de que você aprecia a leitura e gosta de questionar.

A leitura é constante na vida do profissional formado em direito. Seja lendo livros, processos ou decisões a leitura faz parte do trabalho, os estudos são constantes. Mas, se você gosta do assunto isso não será problema.

Você se vê prestando assistência a outras pessoas?

Depois de graduado, você deverá usar as leis em benefícios de outras pessoas, sendo que a maioria das pessoas que você irá ajudar não tem nenhum ou quase nenhum conhecimento sobre leis.

Você sempre estará defendendo alguém e precisará dizer em nome desse alguém o que precisar ser dito para que se cumpra a lei.

Você gosta de questionar?

faculdade-de-direitoSe você gosta de saber o porque das coisas e situações e se você vê que algo não está correto e questiona, quer saber mais a fundo, entender a situação, então, você tem um perfil que se assemelha com a profissão.

Os profissionais formados em direito, precisam saber defender e argumentar sobre tudo que sabem sobre o problema a ser solucionado.

Como você é em sua escrita?

Durante todo o período da faculdade que dura cinco anos, é necessário como já dissemos ler muito e também escrever muito. Mesmo a escrita sendo feita digitando em seu computador, você precisará escrever muitos documentos, pareceres, e muitos outros textos.

Para todo esse trabalho é demandado o domínio da boa escrita, como também é necessário saber argumentar. É preciso ter autoridade na escrita e também na fala, pois são indispensáveis nessa profissão. Não é nada conveniente pensar que a escrita e a fala não sejam primordiais no exercício dessa profissão.

Você se considera confiante ou cético?

Agora você deve estar pensando que ser confiante e otimista é necessário para qualquer profissão e não somente para quem vai cursar direito…Concordo com você sobre a relevância em ser confiante, mas para quem quer cursar direito, não cabe ficar em dúvida sobre o que se está estudando e muito menos na indicação do seu trabalho.

Veja, então, que ser um argumentador e buscar toda a lógica, o motivo e a justificativa não vai de encontro com pessoas que são céticas. Nessa profissão você sempre estará em averiguação da verdade, sem se dar o luxo de imaginar que as causas podem ou não darem certo.

Tendo em consideração todos os pontos abordados nesse artigo, você já consegue ter uma base de como será o estudo e a profissão. A partir disso, você consegue ser se possui as habilidades necessárias ou não.

Mas, não se apavore, você não precisa ter todas as habilidades, mas algumas são essenciais. O direito é um curso que tem vasta área de atuação e durante a graduação você pode melhorar nos aspectos que você considera que precisam ser melhorados.